FIM DAS BOLSAS DE ESTUDOS – UNIESP atribui fim das bolsas de estudos do “Escola da Família” ao governo estadual

Fernando Costa, proprietário e responsável pelo Grupo Educacional UNIESP

Em nota, o Grupo Educacional UNIESP condicionou o governo do Estado de São Paulo como responsável pelo fim das bolsas de estudos que eram concedidas pela instituição a 1.325 estudantes em 20 faculdades, entre eles, 122 estudantes da Diretoria de Ensino de Santo Anastácio.

A interrupção desse benefício foi alvo de protesto, quinta-feira, em Presidente Epitácio – SP. 

A assessoria de imprensa da instituição afirma que agora disponibiliza três opções aos alunos prejudicados: A primeira é a adesão ao Programa de Financiamento Estudantil (FIES), do governo federal, que garante ao aluno a chance de começar a pagar seu curso somente um ano e meio depois de formado. Outra opção é a adesão ao programa “A UNIESP pode pagar”, no qual a própria instituição assume em cartório e por meio de um fundo próprio o compromisso de quitar o financiamento feito pelo aluno do FIES, desde que este tenha boas notas, frequência, disciplina e preste seis horas semanas de serviço voluntário na sua comunidade. Por fim, o interessado por ser tornar aluno pagante com o mesmo valor da mensalidade antes repassada pelo Estado.

O grupo, em seu turno, informou que o acordo foi desfeito em função do Estado impor “novas e absurdas exigências às instituições de ensino superior (IES) conveniadas”. “Por uma questão de opção administrativa, o programa foi perdendo espaço, chegando agora ao ponto de exigir das IES a apresentação de documentos que em nada contribuem para a manutenção do convênio”, salienta a assessoria do grupo.

FDE
Por sua vez, a Assessoria de Imprensa da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), responsável pelas parcerias com instituições particulares no Estado para o projeto Bolsa Universidade, esclarece que o Grupo Educacional UNIESP é quem solicitou o cancelamento do convênio em janeiro.

Segundo o FDE, o projeto Bolsa Universidade estabelece que a bolsa é válida somente durante a vigência do convênio. “O regulamento do programa Escola da Família cita que a suspensão do direito ao benefício é feita nos casos em que o contrato não é renovado, em razão de pendências da instituição com o programa ou quando não há mais interesse da universidade, como foi o caso”.

Acrescenta que caso a instituição tenha interesse, é possível renovar o convênio futuramente, desde que seja respeitada a documentação exigida.

FONTE: O imparcial

Anúncios

5 Respostas

  1. indignadíssima!!!!

  2. … Sou do aluno da Faculdade UNIESP e estou aqui pedindo uma ajuda para todos os alunos, por favor não queremos perder a bolsa precisamos muito e o que esta acontecendo é um verdadeiro descaso … Me ajude a lutar …

    1. Estamos entrando com um processo coletivo, caso queira é so falar

      1. Entrem em contato
        Sou tb aluna escola da familia
        meu email é nanda_gats@hotmail

  3. DESABAFO. 03/02/2013
    No final do semestre de 2012, passaram nas salas dos cursos de engenharias (elétrica e automação), uma representante da faculdade (UNIESP) juntamente com o coordenador do nosso curso de engenharia. Sr: vasco, tentando nos empurrar o FIES, porém viram que não ouvi interessados pelo proposto. Em contra partida os bolsistas, indagaram a eles sobre o que aconteceria com o programa escola da família. Eles foram bem taxativos, que o programa teria continuação normal com os que já estavam em curso. Mas que não iriam receber novos bolsistas, com essa promessa ficamos tranquilos,porem fizeram a SACANAGEM PREMEDITADA de nos reunimos no dia 30/01/2013,ás 19:30h no ANFITEATRO DA UNIESP,por que eles sabiam que seria impossível de conseguimos uma janela em outra faculdade,a dificuldade no tramite de documentação de transferência,grade que não bateria com a de outra faculdade,cursos que estariam terminando neste semestre,muitas das vagas já estariam preenchidas, enfim, desta forma nos obrigaria a aceitamos,os programas propostos por eles,(FIES E A BOLSA UNIESP). Estavam nos colocando contra a parede ( ISSO É COISA PREMEDITADA), eles, tinham certeza absoluta que aceitaríamos qualquer proposta indicada.NINGUÉM É OBRIGADO A NADA,Pois, já que queriam dispensa os bolsistas da escola da família,por que não o fizeram no inicio do mês de janeiro, quando retomaram os trabalho da faculdade.Sabe por que não o fizeram, para não termos tempo de agilizar nosso situação em outra instituição, essa é a verdade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: